Você só consegue se você quiser

Thumb Você só consegue se você quiser

Você só consegue se você quiser

Ficamos em dúvida se deveríamos publicar este artigo no item Dinheiro ou no item Motivação do nosso menu. E a dúvida é plenamente compreensível.

A dúvida é porque vamos falar de dinheiro, mas vamos falar de tudo na vida, além do dinheiro.

Sim, porque a questão é que o primeiro impulso na vida é duvidar de tudo. Se for uma grande oportunidade, então, aí nem se fala.

Surgem logo as primeiras indagações: será que é verdade mesmo? Será que não é bom demais para ser verdade? Será que esse sujeito não está me enrolando?

Acreditar ou não?

Olha, vamos ser sinceros: do jeito que anda este mundo, de algumas coisas a gente tem mesmo que duvidar. Mas não precisamos exagerar nem transformar o não acreditar numa paranoia.

É lógico que, se um desconhecido bate à minha porta dizendo que tem um dinheiro para me dar ou uma grande oportunidade a me oferecer, não vou sair logo abrindo a porta para ele. Tenho que tomar todas as precauções, porque o mundo anda mesmo perigoso.

Mas a questão é que as pessoas estão duvidando até das oportunidades reais que surgem na vida.

E se ela pergunta: será que eu consigo?…. a resposta mais coerente é a seguinte: se outras pessoas conseguem, porque é que você não conseguiria?

De quem você duvida?

Pois aí está o cerne da questão: você não duvida da oportunidade. Você duvida de você mesmo(a).

Veja como isso diz respeito a tudo na vida.

Você pergunta a você mesmo(a): será que eu vou conseguir manter uma boa saúde?

Mas você já parou para pensar por que é que sua saúde não anda tão boa (se for o caso, é lógico, pois evidentemente tem quem esteja bem de saúde)?

Você já parou para pensar que você anda comendo muita porcaria?

Você já parou para pensar que você tem uma vida sedentária e que se recusa a fazer exercícios?

E que não está nem aí para reverter esse quadro e mudar a situação?

De quem depende…?

E de quem depende isso? A resposta é óbvia: só depende de você.

(Assista ao vídeo ou continue lendo logo abaixo)

E não venha com essa de dizer que alimentação saudável custa caro, porque as porcarias que você anda comendo não são gratuitas. Algumas delas provavelmente são até bem caras. E o que é saudável, isto sim, pode até ser grátis, pois é a natureza que produz.

Não me venha dizer que fazer exercícios é caro e que você não tem dinheiro para frequentar uma academia.

Porque caminhar é um excelente exercício. E você não precisa pagar por isso.

E nadar é um dos mais completos exercícios que existem. E se você não tem dinheiro para frequentar um clube, você pode nadar na casa de amigos, numa lagoa ou num riozinho qualquer que não seja perigoso. Ou até nessas instituições que cobram muito baratinho para você mergulhar numa piscina ou até frequentar uma aula de natação.

Eu me recordo que, quando eu era ainda uma criança e cometia algum erro que me causasse prejuízo, minha mãe logo dizia: “Quem procura, acha”.

Mas isso não serve apenas para as coisas erradas. Serve também para as coisas certas a se fazer.

Quem procura, acha

Mas é preciso estar disposto(a) a procurar. Mais uma vez: depende de você.

Isso funciona também quando a questão é dinheiro.

O sujeito se vê diante de uma grande oportunidade e duvida o tempo todo. E normalmente não faz uma pergunta fundamental a ele próprio: se outras pessoas conseguem, e já conseguiram, por que eu não conseguiria?

Elas conseguiram porque acreditaram nelas.

E para conseguir você tem que acreditar em você.


Quer uma boa oportunidade? Acesse aqui o site Sucesso e Fortuna

Envie seu comentário:

Você também pode gostar: